Arquivo de 9 de Março, 2010

Consolas: Plataformas de jogos!

Nos dias de hoje todos nós já experimentamos pelo menos uma vez jogar numa playstation ou numa outra consola de jogos.

Com os avanços tecnológicos a interacção directa do nosso corpo com a máquina ultrapassou a interacção apenas com os comandos de controlo. Usando a consola Wii como exemplo e o  jogo Wii Sport, podemos ver que com os movimentos do nosso corpo podemos jogar vários tipos de desportos (desde o Volley ao Golfe).

Através da publicidade é nos mostrado como a consola funciona e como a sua utilização é fácil.

Podemos observar que já não ficamos sentados no sofá em frente ao ecrã, o nosso corpo interage com a máquina como anteriormente tinha referido. Hoje milhares de crianças pedem aos pais para que lhes comprem este tipo de consolas, e muitos começam a preferir ficar dentro de casa a jogar com as consolas do que interagir com os seus amigos. Mas não são apenas as crianças que preferem ficar em frente a um ecrã, muitos adolescentes e adultos também ficam em casa para jogarem. Será que estamos perante uma tecnologia viciante? Será que com os avanços tecnológicos, cada vez mais rápidos, estamos perante a implantação de um novo ritual cultural? Pois por vezes as pessoas juntam-se para conviverem e jogarem ao mesmo tempo.

Nos dias de hoje a publicidade é um meio de difusão de novas tecnologias e fá-lo de forma bastante apelativa, mostrando o quão fácil é a sua utilização, a suas funções são cada vez mais (como acesso á internet, funciona com leitor de música, etc…), e  salienta que estes novos gadgets são cada vez mais fáceis de transportar connosco para qualquer lado.

                                                                                                                                                                                                                     Mara Costa

Anúncios

Os Media e a Publicidade

Os novos Media são cada vez mais nos dias de hoje os infuenciadores da nossa sociedade consumista.
Assim, o televisor é de todos os media aquele que mais nos influencia todos os dias , pois passamos Horas a ver a publicidade que nos é bombardeada a todo o momento em que tentamos ter um momento de distracção quer seja a ver as nossas series ou simplesmente ao tentar-mos estar a par das últimas do mundo através dos telejornais.
Deste modo, a publicidade criou um dos grandes problemas do séc XXI, a sociedade Consumista.É impossivel para um jovem ficar indiferente á eterna novidade de novos produtos que todos os dias chegam ao mercado, até porque se o fizer pode muitas vezes ser desprezado do seu grupo de amigos.
Contudo, é também a internet que constitui um importante fenómeno de consumo, é que é através dela que podemos ter ligação com os mais variados produtos e marcas de todo o mundo. No entanto, para que o consumidor receba bem o anuncio é necessário que nao se distraia com a pessoa que o tenta vender , mas sim que tome atenção ao produto, exemplo disso foi o anúncio passado em aula em que a pessoa que tocava no I pod estava toda vestida de preto para que não nos distraisse-mos com ela , mas sim com o que ela fazia com o aparelho de forma a empolgar-nos para a compra deste.
Em suma , podemos afirmar que os Novos Media podem ser a nova forma de nos levar os produtos a casa , e que a sociedade é através destes cada vez mais consumista.

Miguel Valentim

Vídeos em jornais?

Ao fazer a pesquisa para o tema desta semana deparei-me com uma notícia interessante, publicada já no mês passado, pelo Jornal de Notícias.

A novidade? Um pequeno ecrã de vídeo inserido numa follha de jornal, revista ou livro.

O Video In Print é então a tecnologia que permitirá inserir em papel, cartão ou plástico, um pequeno ecrã de dois milímetros de espessura que permite reproduzir até 120 minutos de vídeo. Assim, ao abrirmos uma revista, por exemplo, teremos não só os textos escritos “normais” mas também pequenos vídeos que os poderão acompanhar ou fazer publicidade a outros produtos ou mesmo reproduzir anúncios de televisão.

Lançado nos Estados Unidos já em Setembro e tendo aparentemente provocado uma boa reacção estreou então em Portugal, no mês passado. No entanto, depois de ler algumas opiniões nos vídeos e notícias que vi, reparei que existem muitas opiniões divergentes quanto a esta inovação.

Então qual será o lado mau desta tecnologia? Pelo menos uma coisa é certa, os custos de produção e compra aumentarão de forma significativa.

Parece-me também que esta seja uma forma de despertar um novo interesse no suporte impresso uma vez que cada vez mais recorremos ao digital para nos informarmos dos mais variados assuntos em vez de o fazer “à maneira antiga”, como através do jornal.  

 De qualquer modo, o Video In Print promete revolucionar a imprensa escrita.

Aqui fica o link da notícia para uma melhor explicação do produto:

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Tecnologia/Interior.aspx?content_id=1490311

E um vídeo que demonstra esta nova tecnologia: 

Marta Torres


Calendário

Março 2010
S T Q Q S S D
« Fev   Abr »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Estatística

  • 888.637 hits

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.230 outros seguidores

Anúncios