Arquivo de 27 de Maio, 2011

O percurso da humanidade na era da tecnologia

Os séculos XX e XXI farão parte da história da humanidade como uma era do avanço da medicina, da industrialização de produtos,  da corrida espacial(dos satélites), das ideologias politicas, das guerras sangrentas e especialmente  da tecnologia da comunicação globalizante via internet.

Quando no futuro a história  da humanidade for escrita se fará sobre o que se produz atualmente ( como os homens o fazem hoje)  e ao olhar para o passado e ao  pesquisar e analisar terá uma noção do conhecimento adquirido em nossa era,  e se concluirá o quanto  o mundo mudou com a  tecnológia  e o quanto influenciou e alterou o comportamento da humanidade com a introdução das máquinas!

Quando Walter Benjamim em a teoria a” Obra de arte na epoca da sua reprodutibilidade técnica” levantou questões a cerca das consequências que se processariam a partir da reprodução em serie dos bens artisticos, em foco a pintura versus a fotografia e o cinema versus teatro,  preconizava que as artes se libertavam da tradição porém, perderiam  a condição de autenticidade.

Em sua análise ele cita Karl Marx e a teoria da produção capitalista  e o que ocorreria no futuro  ou o que “se poderia esperar do capitalismo”. Se Benjamim e Marx estivessem vivos  veriam que o processo se deu muito rápido e planejado conforme a lei do mercado capitalista condiciona, ou seja, a lei da oferta e da demanda. Os produtos industrializados expandiram-se por quase todo o planeta, a queda da comunismo que era  contra exploração do prolatariado pelo capitalismo, não conseguiu concretizar a utopia de igualdade social (a partir das teorias de Marx) aliada ao avanço de bens de consumo e tecnológico ao empregar uma politica centrada  numa ideologia antimercantilista e antidemocrática o que se denominou cortina de ferro, por outro lado, o capitalismo liberal, liderado pelos Estados Unidos da América com o chamado bloco capitalista não comercializavam bens tecnológicos com o chamado bloco comunista liderado pela União Sovética (criação de dois pólos politicos no planeta), e  para além disso, originou a temerosa guerra fria e a corrida armamentista que era  fonte de inspiração para a produção de noticias escritas, televisivas, bem como os romances de espionagem e enredos de filmes. A União Sovietica teve de fazer as transformações politicas e econômicas que eram necessarias para modernizar sua industria, se readaptando a lei de mercado.

A Globalização capitalista trouxe consigo a  oferta de bens e tecnologias que hoje são indispensáveis para humanidade. A arte e os artistas seguiram os passos das descobertas que o computador, as maquinas de fotografar e filmar digitais trouxeram, em especial com a criação de videos experiementais,  arte digital e a arte da animação, progressivamente foram ganhando novas formas e melhores condições para as produções artisticas, substituindo as técnicas de outrora, porque os programas (softweres) que o mercado disponibiliza favorece a criação do mundo imaginário sem recorrer as máquinas de filmar, de fotografar ou  do desenho a mão, esses programas possuem uma capacidade de criação de figuras e imagens virtuais bem elaboradas e trabalhadas, por outro lado, a autenticidade da obra perde a condição que tinha no  passado e se torna um arquivo num ficheiro do computador como observara Benjamim.

Portanto, a teoria de Lev Manovich, quando cita os principios da numeralidade, molduralidade, automação, variabilidade e transcodificação se aplica a produção da arte da imagem e da animação e de  várias  modalidades produzidos com o computador. Noutra vertente, se percebe que o principio da teoria da remediação observada por David Bolter e  Ricahrd Grusin  também se faz presente, quando todos os meios estão contidos num único meio, ou seja a codificação  numérica   permite a criação de  programas que possuem as informações embasadas nas técnicas dos meios anteriores inseridos no computador  possibilitando modelar, texturizar, renderizar, criar efeito de luz e sombra, composição de imagens e  para finalizar a obra a  edição e video.

Portanto, os séculos vindouros conduzirá a humanidade e sua historicidade  em seu infinito percurso transformador e ao refletir o passado em seu tempo a contextualizará  sob uma perspectiva distinta da atual, com  outro olhar, com outras experiências e com outra mentalidade.

Manoelito Neves

Anúncios

Calendário

Maio 2011
S T Q Q S S D
« Abr   Jun »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Estatística

  • 889.687 hits

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.230 outros seguidores

Anúncios