Os cinco princípios dos novos média

Lev Manovich, na sua obra “The Language of New Media”, faz uma reflexão sobre os novos média, e faz a contextualização do aparecimento dos novos média tecnologicamente e historicamente. Os novos média surgem entre as tecnologias dos média já existentes e o aparecimento do computador, por isso, Manovich formula cinco princípios para os novos média.

No entanto, nem todos os objectos dos novos média obedecem a esses princípios. Eles devem ser considerados não como leis absolutas, mas sim como tendências gerais da cultura que passam a ser informatizadas.

A Reprodução Numérica, a Modularidade, a Automação, a Variabilidade e a Transcodificação Cultural são  os cinco princípios dos novos média.

Na Representação Numérica, os objectos digitais podem ser descritos matematicamente, ou seja, as unidades ou elementos são quantificáveis, e podem ser manipulados por algoritmos.

Na Modularidade, a propriedade estrutural tem diferentes escalas ou níveis. Os elementos dos média, quer sejam imagens, sons ou formas, podem ser representados como colecções discretas, e mesmo quando combinadas com objectos maiores mantêm as sua Modularidade.

A Automação, apenas possível pelos dois princípios anteriores, e refere que até certo ponto é possível retirar o elemento humano do processo criativo. Existem dois “níveis” de automação: O nível baixo, onde encontramos as funções pré-definidas na maior parte dos programas informáticos;  o nível alto consiste na criação e acção da inteligência artificial. Esta, por sua vez, ainda é extremamente limitada e apenas pode responder perante as situações para a qual está programada.

Na Variabilidade, os objectos digitais são susceptíveis de inúmeras versões. Deste modo, os conteúdos dos novos média não são algo de fixo, mas sim passíveis de várias versões ajustadas. Portanto, em vez de uma série de cópias iguais, dos novos média surgem diferente versões . Por outro lado a informação vai-se transformando através de actualizações ou pode estar interligada com outra.

A Transcodificação Cultural é a transformação dos códigos da cultura e dos média por efeito dos códigos computacionais. Este seria o princípio com mais consequências na transformação da cultura humana pelos novos média.

 

Ana Carolina Rodrigues


Calendário

Abril 2012
M T W T F S S
« Mar   Maio »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Estatística

  • 524,910 hits

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.226 outros seguidores


%d bloggers like this: