Sem Limites

A educação sofreu uma enorme transmutação ao longo dos últimos anos e tal vai continuar a acontecer sempre que ocorrer mais uma novidade no “mundo tecnológico”. Estas modificações permitiram que a educação se voltasse 180 graus nos olhares daqueles que instruem e daqueles que aprendem.

O tradicionalismo vivido pelo professor e aluno dentro da sala de aula já não é o mesmo daquele que era partilhado há alguns anos atrás. Os instrumentos, de uma certa forma ultrapassados, deram lugar aquilo que é interactivo e digital.

O aparecimento da Internet e dos computadores facilitou o trabalho do professor e do aluno. A transmissão da informação pode ser passada através das plataformas do Microsoft Office tornando a aprendizagem bem mais acessível e apresentável. As apresentações orais podem ser complementadas por vídeos, por sites da Internet ou por imagens.

A Internet tornou-se no maior meio de pesquisa e publicação de informação em todo o mundo – revolucionando todo o sistema de aprendizagem – pois possibilita que uma quantidade impensável de informação esteja disponível em poucos segundos. Muitas das vezes, a Internet abrange os mesmos livros que são procurados com grande dificuldade em bibliotecas.

Com a chegada da Internet e a sua respectiva progressão, surgiram várias plataformas dentro do contexto educativo que facilitaram a aprendizagem. Dentro da minha vida estudantil, deparei-me inicialmente com a plataforma Moodle e anos mais tarde, com a plataforma Inforestudante. Estas plataformas, juntamente com o Hotmail, fazem com que o acesso à informação dada por professores e membros do conselho directivo seja acedida facilmente, em qualquer computador com acesso à Internet, de uma maneira veloz e descomplicada, facilitando assim o trabalho para ambas as partes.

Temos de nos libertar, sem ambiguidades, do antiquado e falso argumento de que os média digitais são apenas um meio de comunicação. Os média digitais são uma ferramenta excessivamente importante na evolução da aprendizagem, tornando-se instantaneamente nos dias de hoje, no eixo central do sistema educativo. Todos aqueles que se encontram dentro deste sistema, estão dentro de um ideologia que tem como pilar de suporte estas novas tecnologias.

Na minha opinião, ainda não demos conta até que ponto a revolução das tecnologias de aprendizagem se encontra inserida no modo de aprendizagem da grande maioria das massas populacionais. Os quadros a giz foram substituídos por quadros interactivos, os cadernos e os livros deram lugar aos tablets e computadores. A caneta cedeu perante o simples toque no ecrã.

Duarte Covas


Calendário

Fevereiro 2013
M T W T F S S
« Jun   Mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  

Estatística

  • 526,615 hits

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.226 outros seguidores


%d bloggers like this: