A evolução do Mundo Sonoro a partir do Fonografo

A partir do ano de 1877, o mundo sonoro começaria uma evolução que até nos dias de hoje vemos acontecer. A invenção do fonografo foi fundamental na descoberta de um mundo onde, até então, só se conhecia ao vivo, estando presente durante a execução, seja de qualquer que fosse a fonte sonora.

A invenção do mecanismo de gravação trouxe ao mundo uma infinita gama de possibilidades, estas que foram evoluindo ao decorrer da história. Hoje, podemos ter na palma de nossas mãos ou dentro de nossos bolsos uma infinidade de músicas de diversos estilos, de acordo com o gosto de cada um. Mas, isso acontece graças à grande evolução dos dispositivos de gravação e reprodução de áudio.

O fonografo surge como um sistema de gravação por cilindros, onde não havia tempo maior do que dois minutos para se registrar num cilindro de cera o ambiente sonoro.  O que fazia com que músicos tivessem que repetir inúmeras vezes as mesmas músicas e alguns até se recusavam a gravar. Os cilindros eram feitos de cera e riscados mecanicamente por uma agulha, e nestas linhas riscadas eram onde se armazenava a gravação sonora.

Embora, ainda, com grandes problemas que seriam resolvidos com o passar dos anos, surge a gravação e reprodução em discos, e com isso, nos primeiros anos do século XX, a popularização do Gramofone. A gravação em discos possibilitava maior tempo de gravação, contendo os dois lados graváveis, e eram mais fáceis de se armazenar. Os discos, em seu início, eram pesados e gravados ainda por sistema mecânico e acústico, o que limitava, ainda, o registro de sons muito graves e muito agudos.

Esta deficiência foi superada depois do desenvolvimento da gravação eletrônica, onde passa a se usar microfones para a capitação sonora. O armazenamento dos dados sonoros passa-se então, a ser eletro – magnética, iniciando-se pelas fitas K7.

Nos dias de hoje, os dados sonoros são armazenados eletronicamente, não necessitando de um espaço físico propriamente dito.

Ao longo da história vemos claramente a evolução dos dispositivos de gravação e reprodução sonora, que possibilitaram já no seu início e ainda mais nos possibilitam uma experiência sonora de qualquer lugar do mundo sem sair de casa, ou até mesmo o som apenas em nossos ouvidos e onde estivermos. Tornando-se cada vez mais naturais ao termos ao nosso alcance e fazendo-se natural no nosso quotidiano.

Francimar Santos


Calendário

Março 2013
M T W T F S S
« Fev   Abr »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Estatística

  • 526,615 hits

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.226 outros seguidores


%d bloggers like this: