As influências da tecnologia nas mudanças do nosso quotidiano

Será importante tentar perceber as mudanças na sociedade motivadas pelas novas tecnologias. Podemos considerar que a chegada das comunicações à distância permitiu que as sociedades deixassem de comunicar sobretudo de forma interpessoal, em pequena escala, para passarem a ser comunicações em massa. Esta foi das primeiras mudanças que se verificaram motivar uma alteração social. Em finais do século XIX, produz-se na Europa ocidental uma verdadeira revolução social motivada essencialmente pela revolução industrial. Estas mudanças eram principalmente económicas, pela solidez financeira que fomentavam as produções em massa que vinham sendo atualizadas com nova tecnologia. Motivaram também alterações no âmbito demográfico, pois começaram a existir movimentos de população para os setores mais industrializados. Ainda, estas transformações sociais, alicerçadas na tecnologia que prosperava, construíram alterações também no âmbito político, sobretudo no processo de democratização e de tomada de consciência política da maioria e também do protecionismo dos estados com o seu fortalecimento. Este início de incremento da tecnologia foi decisivo mas não passou de contextual, passada a revolução industrial, chegaram um conjunto vasto de incrementos tecnológicos que foram decisivos para o homem e que transfiguraram a forma como este existe e pensa.

Estas mudanças sociais surgiram com a chegada de novas tecnologias que foram a base das alterações de pensamento e de adaptação das sociedades. Este processo de modernização da sociedade industrial transfigura a forma como vivemos pois gradualmente passamos do processo de industrialização para o progresso científico, encontrando novas formas de comunicação e de mediações culturais. A modificação da ideia de espaço e do tempo foi um processo decisivo e também essencialmente criado pelas mudanças tecnológicas que surgem com o objeto da mobilidade.

Tais foram as mudanças que a tecnologia nos trouxe, que já não nos é possível imaginar um mundo onde não exista comunicação à distância ou informação instantânea. No entanto, algo no processo cognitivo, na forma como vemos o mundo, se transfigurou, pois embora estejamos mais perto da informação, criámos mecanismos próprios que nos protegem e que filtram a informação que não queremos. Esta informação está tao perto, pois temos conhecimento que ela existe, mas a distância continua a ser enorme já que nos separa muitas vezes de tecer emoções, mais que efémeras, com o que vimos. O ser humano tem de facto uma capacidade espantosa de evoluir tecnologicamente e acompanhar essa mesma evolução, algo que máquina alguma ainda é capaz de fazer.

Com o desenvolvimento da tecnologia algo extraordinário surge, quando mais evoluímos, mais depressa conseguimos evoluir, deixando antever que os nossos antepassados esperaram muito mais tempo para que as mudanças tecnológicas tivessem implicações no seu quotidiano, do que nós temos de esperar e do que as gerações futuras o iram fazer. Será normal para nós antever que a qualquer momento surjam tecnologias que transfiguram completamente a forma como vivemos e como interagimos com os outros.

Com todas estas evoluções que sofremos frequentemente, esquecemos que o que hoje damos por adquirido foi ontem uma miragem dentro da própria imaginação.

 

Tiago Faria


Calendário

Maio 2013
M T W T F S S
« Abr   Jun »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Estatística

  • 524,910 hits

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.226 outros seguidores


%d bloggers like this: