Hoje a fotografia é comum.

 

Sabemos que a história da fotografia não se pode resumir em duas ou três linhas e nem titular um ou dois inventores, pois ao longo do tempo diferentes estudiosos contribuíram para a qualidade fotográfica que temos hoje.

Atualmente o ato de fotografar é muito comum no nossa sociedade. Mas, com certeza para o homem do século XVIII era quase impossível. Em fins do século XIX já era possível uma família de classe média ter uma fotografia na sala. E isso podia significar uma posição social elevada, afinal ter um retrato naquele tempo era caro.

Quando o homem teve a possibilidade de ver uma fotografia pela primeira vez acredito que a relação com essa imagem tão real foi de extremo espanto, afinal tal novidade iria mudar as relações de ser humano com a sua própria face. Pois, com o surgimento da imagem congelada em um papel e com duração prolongada o homem teria a possibilidade de manter viva a relação com o seu passado. A simbologia de ter o passado nas mãos no momento presente.

A relação entre fotografia e as artes plásticas são completamente distintas. Com a fotografia há uma captura da realidade. Enquanto que, em um quadro pintado pode haver uma alteração dessa realidade.

Vale salientar que, a fotografia no seu início tinha um processo demorado para capturar a imagem, não tão longo quanto à pintura. Mas, nos dias de hoje o ato de fotografar se tornou comum. Qualquer pessoa pode tirar fotos e para isso basta ter um telefone celular nas mãos ou simplesmente pressionar o botão de uma câmara fotográfica.             

Arlane Marinho. 


Calendário

Março 2014
M T W T F S S
« Fev   Abr »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Estatística

  • 525,046 hits

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.226 outros seguidores


%d bloggers like this: