Como música aos ouvidos

Como música aos ouvidos

No vídeo do link, um homem surge com uma máquina de escrever e junta-se a uma orquestra, após uma pequena confusão no palco percebemos que na verdade, ele faz parte do espetáculo e, de uma forma inusitada, tudo trata-se de uma pequena homenagem à maquina de escrever; o que não seria inovador já que a cena seria algo já feito antes pelo ator americano Jerry Lewis nos anos 50. Mas a maquina de escrever, muito além deste quadro de humor e música, tem uma grande importância histórica junto às invenções que possibilitaram o homem organizar a escrita de forma mais uniforme.

O engenheiro Henry Mill é citado como o primeiro inventor da máquina de escrever, foi ele quem planejou, na verdade, construir uma máquina que pudesse imprimir letras isoladas em papel pergaminho, mas que não chegaria a ser realizada pela sua complexidade.No século XX, outros tentariam aperfeiçoá-la, sendo o tipografo Christopher Latham Sholes quem conseguiria dar os aperfeiçoamentos necessários; QWERTY é o nome dado ao teclado que ele inventou (sendo ainda hoje usado) por causa do arranjo em que as primeiras letras se encontram nas teclas, fabricando assim a primeira máquina de escrever que realmente funcionaria.

Com o avanço dos dispositivos e tecnologias viriam a aperfeiçoa-la, as maquinas de escrever passariam então a serem substituídas por computadores e celulares, com teclados cada vez menores condicionando a agilidade das mãos e do pensamento, mesmo assim as maquinas eletrônicas ainda conservam o charme da datilografia e proporcionam a ilusão do texto personalizado através de programas acoplados a memória do hardware do computador.

As maquinas de ultima geração já praticamente escrevem sozinhas possuindo memória e recursos de programação, e não será surpresa que em dias futuros já não precisarmos nem mesmo utilizar as mãos para digitar bastando um comando de voz para desenvolver um texto, dispensando até mesmo o teclado, talvez aí estejamos a um passo de ficarmos cada vez mais em sintonia com a maquina, diminuindo a distancias e deixando de lado nossas extensões, como música aos nossos ouvidos.

                                     Volney Gonçalves


Calendário

Março 2014
M T W T F S S
« Fev   Abr »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Estatística

  • 525,942 hits

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.226 outros seguidores


%d bloggers like this: