“Mr. Watson, come here…”

“…I want to see you.” Foram estas as primeiras palavras ditas ao telefone, pelo inventor creditado do mesmo: Alexander Graham Bell, em 1876.

Se hoje chegamos ao cúmulo da banalidade desta tecnologia ao utilizar o telefone para comunicar com pessoas que se encontram dentro da mesma casa que nós, quando surgiu esta invenção foi algo revolucionário e que transformou para sempre as comunicações à distância.

Os princípios básicos deste dispositivo passam por falar por um microfone e ouvir por um receptor, o que hoje parece uma tecnologia bastante simples. Mas viu-se no telefone grandes potencialidades quer a nível empresarial quer a nível particular.

Quem não gostaria de comunicar instantaneamente com alguém que estivesse longe? Quem não gostaria de abdicar das esperas pelo carteiro?

O telefone trouxe rapidez e instantaneidade nas comunicações e acrescentou-lhes proximidade com o outro. E se, quando o dispositivo apareceu, as chamadas tinham que ser mediadas por uma operadora, com o desenvolvimento dos novos média tudo é agora digital.

Não sei como terá sido ter, pela primeira vez, a oportunidade de ouvir alguém que não está perto. Presumo que terão sentido quase o mesmo que os meus avós quando tiveram o primeiro telemóvel e, por algum motivo, faziam aquilo que ainda hoje acontece: falar mais alto para terem a certeza que o destinatário ouve!

O que é certo é que o telefone é um aparelho que mudou bastante ao longo dos anos e que começou por ajudar a reduzir a distância entre duas pessoas, só pela proximidade que consegue através da voz, mas que hoje em dia serve para muito mais funções já que um telefone nunca é SÓ um telefone.

Apesar de todas as formas de comunicação hoje já existentes e desenvolvidas, esta continua a ser uma forma muito usada por toda a gente em todo o mundo, a todos os níveis. Tão depressa estamos a receber uma chamada a publicitar um cartão de crédito, como estamos a desejar os parabéns a uma tia-avó ou estamos a votar no nosso concorrente favorito de um concurso.

O que é certo é que o telefone entrou nas nossas vidas e está tão enraizado na nossa cultura que dificilmente sairá.

can-stock-photo_csp9359916

Ana Sofia Gomes


Calendário

Março 2014
M T W T F S S
« Fev   Abr »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Estatística

  • 525,942 hits

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.226 outros seguidores


%d bloggers like this: