A remediação é como as lojas dos chineses, está em todo o lado.

Como podemos entender/exemplificar a afirmação de Bolter e Grusin de que a remediação é a principal característica técnica e formal dos meios digitais? A remediação está em todos lados, é algo que no meu ponto de vista pode ser bom para umas pessoas e mau para outras. No que diz respeito às nossas vidas, a remediação apegou-se à nossa forma de viver de tal forma que nós já nem damos conta e nem a estranhamos.

A rádio, a imprensa, o cinema, a televisão, os vídeo-jogos, a música e as livrarias convergiram no computador digital. Como sabemos, praticamente encontra-se tudo na internet. Às vezes nem é necessário sair de casa para vermos alguma coisa ou até comprar. Tudo está disponível na internet, hoje em dia. Encontramos as estações de rádio na internet, onde passam os top 10 do dia, é possível também assistir à emissão em direto e até nos proporcionam eventos, desafios e passatempos.

No caso da televisão agora com as operadores, por exemplo, ZON e MEO, tudo se torna mais fácil pois podemos parar o programa se tivermos que ir à casa de banho, ou se tivermos aulas até tarde e a nossa série já passou podemos ir às “gravações automáticas” escolher o programa, escolher a série/filme e clicar em “carregar programa”. Tudo nos é facilitado nos dias de hoje, até no caso do cinema. É aqui que eu acho que a remediação pode ser boa até certo ponto para algumas pessoas pois, por exemplo, nos sites online muitos filmes são disponibilizados e alguns ainda nem estrearam. Isto causa uma perda de audiência, visto que nem precisam de sair de casa para ver um filme, e o melhor é que é grátis.

No caso das livrarias e lojas online também podemos ver que, realmente trouxe vantagens para as pessoas visto que a maioria em vez irem ao fórum para ir à FNAC/Bertrand e estar à espera na fila para pagar, sentam-se em frente do computar, escolhem o livro e clicam em “adicionar ao carrinho” e compram.

Os videojogos começaram por ser apenas para as consolas, que necessitavam uma televisão para funcionar (playstation, xbox), depois as consolas portáteis (Nintendo/psp) e passou a haver jogos para computador também. Nos inícios, os jogos apenas se conseguiam comprar nas lojas, agora pode-se fazer “download” de todos os jogos que quisermos através da internet. E agora há até jogos online como o LOL e há até sites como o minijuegos, miniclip que tem um vasto leque de jogos online que nos é acessível.

Como podemos ver, houve uma grande alteração do início até agora, uma grande modificação para os media originais que hoje em dia passaram para os media digitais, remediando, desta forma, os anteriores.

Inês Alberto


Calendário

Maio 2014
M T W T F S S
« Abr   Jun »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Estatística

  • 524,910 hits

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.226 outros seguidores


%d bloggers like this: