Meio e mensagem

Herbert Marshall McLuhan na década de 60 declarou que “o meio é a mensagem”, defendendo os proprietários dos meios de comunicação por estes darem ao público o que este deseja. McLuhan chama a atenção para o facto de uma mensagem, quer oral quer escrita, desencadearem vários mecanismos diferentes de percepção, levando a diversos significados distintos. O seu objetivo era assim dar a conhecer a todo o mundo que os meios têm uma grande intensidade em si e que assim sendo provocam distintos significados e consequentes distintos pensamentos psicológicos e emocionais.

Esses pensamentos são assim extensões de nós mesmos, que advêm do significado de meio que adquirimos e que emergem mudanças. O meio não constituí só a forma de comunicação, mas também o conteúdo dessa comunicação. A mensagem por seu lado, é uma mudança que acontece em escala, em ritmo e em padrão. Pode então ter vários significados consoante o meio em que esta inserido, como a televisão, a internet, a rádio, seja oral ou escrito. A mensagem tem como objetivo a procura de mudanças que não são as mais óbvias.

 

Valentina Ferreira


Calendário

Maio 2014
M T W T F S S
« Abr   Jun »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Estatística

  • 525,942 hits

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.226 outros seguidores


%d bloggers like this: