#Netspeak

Netspeak, ou seja, a desconstrução quase completa do modo como escrevemos e falamos veio de certa maneira mudar a forma com interagimos não só online mas também na vida real.
O netspeak funciona como um dicionário virtual no qual os cibernautas arranjaram maneira de abreviar tudo e mais alguma coisa e na qual a fonética tem mais importância que a etimologia das palavras.

As SMS e a redes sociais como o twitter ou facebook, fizeram com que o netspeak passasse a ser uma forma de comunicação aceitável. Ter um número de carateres limitado criou uma comunidade de pessoas que não querem saber de gramática ou pontuação.

O facto de cada vez existir mais gente mergulhada no mundo online e completamente desfasada da vida social faz com que lhe seja impossível fazer a distinção entre o certo e o errado.

A aprendizagem da escrita depende da memória visual, por exemplo muita gente escreve uma palavra quando se quer lembrar da sua grafia, sendo assim, se se for bombardeado por diferentes grafias será mais difícil para crianças ainda em formação a assimilação correta da palavra.
A utilização do netspeak está difundida em praticamente todas as áreas de comunicação desde da publicidade até ao merchandising.

 

Imagem

 

A meu ver o netspeak pode ter a seu favor a poupança de microssegundos, mas penso que acima de tudo a língua e a sua preservação deve prevalecer.

 

 

Vasco Assis

Anúncios

Calendário

Maio 2014
S T Q Q S S D
« Abr   Jun »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Estatística

  • 653,691 hits

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.226 outros seguidores


%d bloggers like this: