Vidas Virtuais

Provavelmente um dos maiores horrores para o ser humano é a solidão, por isso vivemos em sociedade e temos interações sociais entre nós, no entanto séc. XXI com a divisão da realidade num mundo offline e um online cada vez mais vivemos á base de “falsas” interações, vivemos numa dualidade repartida do que somos e do que gostaríamos de ser através de avatares nas nossas redes sociais, videojogos, chats e outros. Vivemos cada vez mais numa utopia de vida que foge à realidade. Embora esta utopia tenha vantagens, pelo que a partir desta vida alternativa online podemos explorar-nos, a que não temos coragem para demonstrar no mundo online, podemos controlar o que dizemos e fazemos e ainda viver situações que provavelmente nunca estaremos envolvidos, uma oportunidade de ganhar importância e sentido de individualidade e de real libre arbítrio. Um exemplo muito concreto destas vantagens pode observar-se em videojogos online, em especifico RPG’s( Role Playing Game) Sandboxes, que fornecem aos jogadores nada mais do que o seu personagem (avatar) que é totalmente costumizável a vontade do jogador , o mapa e os utensílios que necessita, sendo o objetivo marcado por cada jogador , permitindo que se criem relações sociais realistas embora numa vida virtual. No entanto por mais vantagem que qualquer vida alternativa tenha será sempre uma vida virtual algo falso, e estamos de fato a criar falsas relações sociais, uma mera remediação para evitar a solidão ou para o fato que se perdeu o valor do contacto humano real.

 

Eduardo Freire


Calendário

Junho 2014
M T W T F S S
« Maio   Fev »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Estatística

  • 526,615 hits

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.226 outros seguidores


%d bloggers like this: