Arquivo de 19 de Abril, 2015

Hipermediacia vs Imediacia

A cada dia que passa, em cada upgrade  que os objetos tecnológicos que fazem parte do nosso dia a dia sofrem  mais eles vão aparentemente desaparecendo .

Cada vez mais a imediacia esta presente nas nossas vidas .

Os telemóveis estão cada vez mais finos e até transparentes os computadores portáteis ou fixos  assim como os tablets seguem o mesmo caminho estando cada vez  mais leves, mais finos  deixando de ter aquela moldura a volta do ecrã passando a ser tudo ecrã  as teclas desapareceram ,, tudo isto em nome  de uma evolução logica  que quer fazer com que o meio se torne invisível.

Hoje quando jogamos um  videojogo  ou quando vemos um filme  numa televisão das mais recentes / modernas  parece que somos transportados para aquele mundo e que passamos a fazer parte de toda a ação que esta a decorrer,  isso acontece  exatamente porque as televisões  tem écrans cada vez mais panorâmicos e alguns deles já tens a tecnologia 3D  que torna tudo ainda mais real.

Temos televisões que de tao finas que são e com toda a tecnologia que têm mais parecem pequenos portais que nos podem transportar para onde quisermos bastando para isso premirmos um botão.

No momento em que premirmos o botão começamos uma viagem que só acaba quando voltamos a premir o botão e desligamos a televisão, nessa altura voltamos a realidade!

Isto é a imediacia.

Mas há coisas que não mudam e na minha opinião não podem nem devem mudar.

Na hipermediacia, quando vamos ver uma peça de teatro , os atores estão la  ou próprio teatro , cenário tudo esta la e embora os atores seja excelentes ,  e nos possamos sentir de algum modo enredados / envolvidos na peça e em toda a sua historia , nunca perdemos a verdadeira noção de onde estamos , nunca perdemos a noção do espaço que nos rodeia .

Quando vamos ver uma exposição de pintura, por mais que apreciemos a obras expostas , a presença  das telas , das molduras  e das marcas de pincel ,danos a ver o meio a “janela “.

A imediacia está cada vez mais presente nas nossas vidas , fazendo desaparecer as janelas que nos separam do que nos estamos a ver, mas depois temos a hipermediacia que nós da a ver a tal janela  e que nos lembra da sua presença e do que nos separa daquilo que estamos a ver.

E apesar de todas as evoluções que existem e as que ainda virão nos nunca devemos perder por completo a noção de onde estamos e acho que esse é um dos papeis que a hipermediacia tem.

Luis Santos

Anúncios

A Relação entre Imediacia e Hipermediacia (dentro dum Videojogo)

Quando estás imerso num videojogo, não pensas imediatamente no mundo à tua volta, pois não?

Gaming-at-Hesston-100912-22-300x200

Um bom exemplo de um grupo de estudantes a jogar videojogos quando deviam estar a estudar para os exames ou acabar as suas teses.

Os teus olhos estão fixados no ecrã, a tua atenção completamente agarrada ao que se passa com o teu avatar dentro do jogo, como se estivesses mesmo numa situação de perigo ou de adrenalina. Mas depois sentes um pouco tonto, ou as tuas mãos suam no controlador, ou alguma coisa puxa-te fora dessa experiência (por exemplo, a tua mãe a chamar-te para apanhares a roupa). Essas sensações são esperadas, e mais interconectadas do que pensas. É a relação que existe entre a imediacia e hipermediacia.

Na imediacia (ou imediação), o jogador emerge-se no videojogo através de processos de ocultação, naturalização e transparência do meio. A interação e o meio visual/áudio do videojogo faz esse trabalho. É parecido com o meio da televisão, exceto que neste caso também temos a interação que acontece entre o videojogo e o jogador. Somos nós que decide as ações das personagens que vemos, e por isso a nossa atenção fica mais focada no que está a acontecer no ecrã, assim apagando as distrações em redor.

O contrário disto é a hipermediacia (ou hipermediação), que é o que se passa quando o jogador nota o videojogo através de processos de revelação do meio. Isto é conseguido, por exemplo, com o nosso sentido de toque no controlador da consola, ou a realização do que se está a passar no videojogo está dentro do ecrã da televisão ou do computador. O ambiente à tua volta ficando mais evidenciado.

Portanto, é assim que essa relação de contraste está interconectada. (E, não, não estamos a contar com o exemplo da tua mãe a chamar-te para apanhares a roupa. Isso era só uma piada sarcástica. Lamento imenso se desapontei-vos.)

Carolina Gonçalves


Calendário

Abril 2015
S T Q Q S S D
« Mar   Maio »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Estatística

  • 753,085 hits

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.227 outros seguidores

Anúncios