O desaparecimento da escrita tradicional

Desde o início dos tempos houve uma necessidade de comunicação. Foi aí que houve as primeiras tentativas de um sistema de comunicação, isso aconteceu há milhares de anos atrás. Cada sociedade tinha uma forma de comunicar básica que ajudava com as suas relações e até a viverem em harmonia.
As formas de comunicação evoluíram e agora temos o alfabeto romano como base da escrita alfabética. Agora diferente de antigamente conseguimos comunicar com qualquer pessoa no planeta terra e com a evolução da linguagem veio a evolução das tecnologias.
A internet fez surgir novos géneros discursivos que possibilitaram a proximidade da oralidade à escrita através de uma linguagem despreocupada e informal. A realidade virtual mudou a realidade de escrita, começaram a aparecer as abreviações, os acentos e a pontuação desapareceram tudo para facilitar a velocidade da comunicação. É importante salientar que esta forma de escrita não respeita as regras de ortografia no entanto quem usa esta forma de escrita consegue fazer-se entender.
O correio tradicional foi substituído pelas mensagens de texto e pelo e-mail, tal como o papel e a caneta pelo computador e pelo ipad. Na actualidade as crianças sabem manusear o computador, ipad, telemóvel e tablet mais rápido do que a escrita tradicional o que não deixa de ser preocupante pois a nossa sociedade é feita pela comunicação e pela escrita e não pelas abreviações e pelos emojis.
A escrita é feita pelas pessoas, pela sua ortografia, pela forma da sua letra, pela sua inclinação, por ser algo único pois cada pessoa tem a sua caligrafia. Com as mensagens de textos, os chats e com os e-mails pode-se perder a forma mais pura e única de comunicar.

Bruna Ferreira

Anúncios

Calendário

Maio 2015
S T Q Q S S D
« Abr   Jun »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Estatística

  • 653,691 hits

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.226 outros seguidores


%d bloggers like this: