A correta utilização do meio para a divulgação da mensagem

Será que o meio é realmente a mensagem?

Marshall McLuhan escreve sobre a sua teoria e dá como nome a esse livro, “The Medium is the Message”. Contudo, houve um erro tipográfico com o título do seu livro, sendo assim o livro foi publicado com o nome “The Medium is the Massage” e McLuhan não quis corrigir o título, sendo assim comprovou a sua teoria. Com esta alteração do título, o mesmo passou a ter várias interpretações possíveis, como, message (mensagem), mess age (era da bagunça), massage(massagem) e mass age (era da massa).

Seguindo  raciocínio de McLuhan, a mesma mensagem mas transmitida por diferentes meios irá ter um impacto diferente, pois o meio de transmissão foram variados. Ou seja, apesar da mensagem ser a mesma, o que lhe dá uma importância diferente é o meio que a divulga.

Este conceito pode-se verificar em manifestações, uma vez que utilizando o meio correto a mensagem que querem transmitir pode ter o efeito desejado, mas caso o meio escolhido para transmitir a mensagem não foi o mais indicado, o efeito pode ser neutro ou até mesmo negativo. Por exemplo, se o meio utilizado para divulgar a mensagem for uma manifestação com violência, a mensagem pode-se perder e deixar de fazer sentido, enquanto que se utilizarem somente as palavras e por exemplo o recurso a performances, pode ser que a mensagem seja transmitida corretamente e tenha um efeito positivo e desejado pela ou pelas pessoas que a querem transmitir.

Em suma, é mais importante o meio utilizado para a divulgação de uma mensagem do que propriamente a mensagem que se quer transmitir, pois a mensagem por perder o seu conteúdo se não for corretamente divulgada.

Cassandra Santos


Calendário

Março 2015
M T W T F S S
« Fev   Abr »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Estatística

  • 525,046 hits

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.226 outros seguidores


%d bloggers like this: