Sinais de fumo ou WiFi?

Não custa conhecer a histórias da escrita e a sua evolução. qualquer manual de história nos apresenta uma cronologia suficiente para que possamos pesquisar e compreender o porquê de a vida e comunicação hoje ser assim. desde há trinta e cinco anos para cá que muita coisa mudou, a Internet teve o seu boom na década de 90 após ter estado em top-secret durante a Guerra Fria. As telecomunicações nunca mais foram as mesmas, o avanço da tecnologia e facilidade de transmitir e receber informação disparou.

Nasci em 1996, ano em que já existiam duas mãos cheias de empresas licenciadas para ativar o aceso à Internet pelos Serviços de Telecomunicações Complementares Fixos em Portugal. Foi um
bom ano para nascer, a Internet ainda não estava enraizada no quotidiano das pessoas. Sinto que tive o melhor dos dois mundos, o pré-Internet e o pós. Poucas crianças terão a oportunidade de ter uma infância tão diversificada como eu e os meus colegas tivemos.

Antes de a minha cidade ter um óptimo acesso de rede por cabo, encontrei um manual de escutismo no qual tinha descrito vários códigos de mensagem. Citando:

Código Braille (Falso)
Data
Alfabeto Invertido
Transposto
Picos de Morse
Passa um Melro
Passa dois Melros
Alfabeto Numeral
Romano-Árabe
Metades
Grelha
Vogais por Pontos
Caranguejo
Frase-Chave-Vertical
Frase-Chave-Horizontal
Frase
Código +3
Código Chinês 1
Código Chinês 2
Angular
Última Letra Falsa
Homógrafo-Traços
Nós de Morse
Batalha Naval – Certa
Batalha Naval – Incerta
Jornal
Vertical
Horizontal
Caracol
Primeira Letra Falsa

Eu e mais três amigos divertiamo-nos a por em código leads de notícias, a organizar caças ao tesouro. Tudo com a ajuda de um simples manual. Nunca fomos muito agarrados ao livro, andávamos sempre com ele à vez, mas passávamos os códigos para um caderno e não lhe tocávamos mais para que a lombada não descolasse. Até ao dia em que alguém se aproximou do final do livro e encontrou uma folha A4  dobrada duas vezes. Eram instruções sobre sinais de fumo; como manter uma boa fogueira e dicas de como comunicar à distância. Sentíamo-nos cowboys, nessa altura.

Nos tempos de hoje não é recorrente comunicar com estas três pessoas que tiveram tanta importância na minha infância, às vezes há uma SMS, combinamos um café, mas mais facilmente procuramos sinais de WiFi quando estamos juntos que comunicação cara a cara.

Carlos Vicente Paredes

Anúncios

Calendário

Maio 2015
S T Q Q S S D
« Abr   Jun »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Estatística

  • 623,653 hits

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.226 outros seguidores


%d bloggers like this: